Apneia Obstrutiva do Sono, Síndrome - Síndromes Raras, Definição, Prevalência, Hereditariedade, Fisiopatologia, Causas, Sinais e Sintomas, Diagnóstico, Tratamento, Prevenção - Doenças Raras que Afetam o Sono - Respiração - Cerebral - Cérebro

Tipo de Patologia:

  • É uma desordem do sono, caracterizada pela suspensão da respiração, pela língua, durante o sono, que inibe a passagem de ar ao nível da garganta. Podem durar alguns segundos (mínimo de 10seg. entre respirações) e ocorrem repetidamente durante o sono.

Sinais e Sintomas:

  • Sensação de noite mal dormida ao despertar
  • Fadiga
  • Sonolência intensa durante o dia
  • Falta de concentração
  • Roncos a dormir
  • Apneia

Tratamento:

  • Mecânico - através de ventilação não invasiva com CPAP (Continuous Positive Airway Pressure) ou BIPAP (Bilevel Positive Airway Pressure).
  • Cirúrgico - cirurgia nasal, adenoidectomia, traqueostomia e uvulopalatofaringoplastia.

Outras Considerações:

  • Os primeiros relatos datam de 1965.
  • A apneia do sono é diagnosticada com um teste chamado polissonografia, ou "estudo do sono".

Existem três formas distintas de apneia do sono

  • Central - a respiração é interrompida pela falta de esforço respiratório
  • Obstrutiva - a respiração é interrompida por um bloqueio físico ao fluxo aéreo, apesar de esforço respiratório
  • Mista, ou complexa (uma combinação da central e obstrutiva) - há uma transição de características centrais para obstrutivas durante os eventos
  • Os sintomas podem estar presentes por anos (ou mesmo décadas) sem identificação.

Partilhe este artigo
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

0 comments

 
RSS ArtigosRSS ComentáriosVoltar ao topo
© 2012 As Doenças Raras ∙ Template por BlogThietKe