Catarata Congénita

A Catarata Congénita é uma opacificação do cristalino do olho que está presente ao nascimento. A lente do olho é normalmente transparente. Ela focaliza a luz que entra no olho sobre a retina. Existem vários tipos de severidades, de leve a grave.

Causas

Na maioria dos pacientes, a causa é desconhecida. Contudo é um defeito ao nascimento das seguintes patologias:
  • Síndrome Condrodisplasia
  • Rubéola congénita
  • Conradi síndrome
  • Síndrome de Down (trissomia 21)
  • Síndrome de displasia ectodérmica
  • Catarata congénita familiar
  • Galactosemia
  • Hallerman-Streiff síndrome
  • Lowe síndrome
  • Marinesco-Síndrome de Sjögren
  • Síndrome de Pierre-Robin
  • Trissomia 13.

Sinais e Sintomas

  • Nebulosidade cinza ou branca
  • Cegueira (se cataratas são em ambos os olhos)
  • Olhos de cor avermelhada
  • Nistagmo (movimentos rápidos dos olhos).

Diagnóstico

Para diagnosticar esta patologia é necessário efetuar um exame oftalmológico completo por um especialista. Exames de sangue ou raio-x podem também ser necessários.

Tratamento

As situações leves normalmente não afectam a visão, não precisam de tratamento, em especial se estiverem em ambos os olhos. Por outro lado, numa situação moderada a grave as cataratas afetam a visão, sendo necessário o seu tratamento cirúrgico. Tratamento a laser pode também ser usado.

Na maior parte das vezes é implantada uma lente intra-ocular artificial. O uso de lentes intra-oculares em crianças é controversa. Contudo, se não se efetuar um implante cirúrgico o uso de uma lente de contacto é obrigatório. Pode-se também usar uma venda sobre o olho bom, ou melhor, para forçar a criança a usar o olho mais fraco, útil para evitar a ambliopia.

Tratamento à patologia causadora da catarata pode ser benéfico. O aconselhamento genético pode ser útil.

Prognóstico

A remoção de uma catarata congénita é geralmente um procedimento seguro e eficaz. A criança precisa de acompanhamento para a reabilitação da visão. A maioria das crianças tem algum nível de “olho preguiçoso” (ambliopia) antes da cirurgia e terá que usar uma venda.

 Fontes:
Partilhe este artigo
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

0 comments

 
RSS ArtigosRSS ComentáriosVoltar ao topo
© 2012 As Doenças Raras ∙ Template por BlogThietKe