Coccigodinia

A Coccigodinia é uma condição rara que provoca dor em torno do cóccix. Embora várias causas têm sido descritos para a condição, as causas mais comuns são as quedas e lesões directas.

Causas

Diferentes causas têm sido associadas com esta patologia. No entanto, a causa mais comum é a queda directa e lesão na zona do sacro e cóccix. Este tipo de lesões pode ocorrer a partir de várias atividades.

Outra causa comum, exclusiva de mulheres, é o parto. A outra causa mais comum da doença é a gravidez. Durante os últimos três meses de gravidez, alguns hormónios são libertados no corpo das mulheres fazendo com que a área entre o sacro e o cóccix fique mais suave e se torne mais móvel. O aumento da mobilidade pode resultar em alongamento e permanente mudança, causando inflamação dos tecidos ao redor do cóccix.

Em cerca de um terço de todos os casos de coccigodinia, a causa é desconhecida. Outras causas menos comuns incluem danos aos nervos, cistos, tais como cistos de Tarlov, obesidade e uma condição que pode surgir em pacientes magros com nádegas pequenas.

Sinais e Sintomas

O sintoma clássico é a dor devido à pressão que é aplicada ao cóccix. Os sintomas costumam melhorar com o alívio da pressão, por exemplo quando se está de pé.
Outros sintomas Associados:
  • Dor imediata e severa quando passa de sentado para em pé
  • Dor durante as evacuações
  • Dor durante o sexo
  • Dor profunda na região do cóccix.

Tratamento

    O tratamento para Coccigodinia geralmente cai em tratamento conservador ou categorias de intervenção cirúrgica. A abordagem conservadora geralmente inclui banhos quentes, laxantes, uso de uma almofada em forma de donut ou almofada de gel.

    Se estas opções de tratamento falharem, as injecções de glucocorticóides podem ser utilizadas numa tentativa de redução da dor. A terapia da massagem também tem sido usada para ajudar a diminuir a dor, mas a maioria dos estudos têm mostrado que o alívio experimentado a partir desta forma de terapia é temporário. A abordagem mais agressiva e rara envolve ou a remoção parcial ou completa do cóccix.

Fontes:
Partilhe este artigo
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

0 comments

 
RSS ArtigosRSS ComentáriosVoltar ao topo
© 2012 As Doenças Raras ∙ Template por BlogThietKe