Alergia ao Frio - Urticária de Contato ao Frio

A Alergia ao Frio é uma doença crónica reativa da pele, em ocorre uma reacção rara após exposição a um estímulo frio. O estímulo pode ser uma corrente de ar fria, temperaturas baixas, contato ou imersão em água fria, contato com objetos frios ou ingestão de alimentos ou bebidas frias. Mas também pode surgir após picadas de insetos, infecções virais, stresse, alterações de dieta entre outras situações menos comuns.

É também conhecida por Urticária de Contato ao Frio. Raramente está associada com uma condição hereditária chamada Síndrome Auto-inflamatória Familiar induzida pelo Frio, também conhecida como Urticária Fria Familiar. Tem uma hereditariedade autossómica dominante e atinge principalmente adultos jovens.

Causas

A causa de Urticária de Contato Frio não é ainda completamente conhecida. Certos indivíduos parecem ter células da pele excessivamente sensíveis, quer devido a uma característica hereditária ou causada por um vírus ou outra doença. Exposição ao frio provoca a liberação de histamina e outras substâncias químicas do sistema imunológico na pele que causam a vermelhidão o prurido e outros sintomas.

Sinais e Sintomas


  • Vermelhidão anormal da pele
  • Urticária
  • Inchaço e prurido após a exposição da pele a água fria, ou a objetos frios.

  • Os sintomas geralmente desenvolvem de dois a cinco minutos após a exposição à substância desencadeante ou à situação. Tem geralmente uma duração de uma a duas horas.

    Tratamento

    O tratamento pode incluir a toma prévia de anti-histamínicos, antes da exposição ao frio. 

     Fontes:







  • EUCERD (European Union Committee of Experts on Rare Diseases)
  • ORDR (Office of Rare Diseases Research)
  • Partilhe este artigo
    • Share to Facebook
    • Share to Twitter
    • Share to Google+
    • Share to Stumble Upon
    • Share to Evernote
    • Share to Blogger
    • Share to Email
    • Share to Yahoo Messenger
    • More...

    0 comments

     
    RSS ArtigosRSS ComentáriosVoltar ao topo
    © 2012 As Doenças Raras ∙ Template por BlogThietKe