Anemia Hemolítica Autoimune - Síndromes Raras, Definição, Prevalência, Hereditariedade, Fisiopatologia, Causas, Sinais e Sintomas, Diagnóstico, Tratamento, Prevenção - Doenças Raras Relacionadas com o Sangue - Metabólicas - Sistema Endócrino - Endócrinas - Hematológicas - Anemia Raras Auto-imunes - As Doenças Raras
Miguel Torres

Anemia Hemolítica Autoimune - Síndromes Raras, Definição, Prevalência, Hereditariedade, Fisiopatologia, Causas, Sinais e Sintomas, Diagnóstico, Tratamento, Prevenção - Doenças Raras Relacionadas com o Sangue - Metabólicas - Sistema Endócrino - Endócrinas - Hematológicas - Anemia Raras Auto-imunes

Tipo de Patologia:

É uma Anemia Hemolítica que se subdivide em dois tipos principais:

  • Anemia Hemolítica de Anticorpos Reativos ao Frio.
  • Anemia Hemolítica de Anticorpos Reativos ao Calor.
  • Provoca a redução dos glóbulos vermelhos devido à destruição dos mesmo, podendo ocorrer dentro ou fora dos vasos sanguíneos (hemólise intravascular, dentro dos vasos, hemólise extravascular, fora dos vasos).

Sinais e Sintomas:

  • Anemia
  • Palidez
  • Icterícia
  • Astenia
  • Hepatomegalia
  • Esplenomegalia

Tratamento:

  • Imunossupressores
  • Esplenotomia
  • Medicamentos corticosteroides e outros

Outras Considerações:

  • A rutura dos glóbulos vermelhos pode ser desencadeada pela ocorrência de processos infeciosos, por fármacos, por problemas autoimunes ou pode ser de natureza hereditária.